Aquário

Um aquário é um recipiente capaz de conter água, possuindo pelo menos uma de suas paredes feita de algum material transparente, geralmente vidro ou acrílico. Além disso, é dotado dos componentes mecânicos que tornam possível a recriação de ambientes subaquáticos de água doce, do mar ou salobra e a manutenção de formas de vida correspondentes a estes ambientes, como peixes, invertebrados, plantas etc. Os aquários mais básicos são de planta retangular, composta por paredes de vidro coladas com silicone neutro.

O antigo conceito de aquário, como sendo uma simples bola de vidro com uma abertura circular em cima e fundo plano, na qual se mantinham peixinhos coloridos em água, foi largamente superado. As condições ambientais não eram, neste caso, controladas e, para manter os animais vivos, a água tinha de ser trocada em períodos regulares por água limpa e sem cloro, por não possuírem nenhum sistema técnico de depuração.


Tipos

De maneira geral, e segundo a concentração de sais minerais na água, os aquários se dividem em:

  • Aquários de água doce - simula um ambiente lacustre ou fluvial. (concentração de sais < 0,5%)
  • Aquários de água salgada - simula um ambiente marinho ou oceânico. (concentração de sais 0,5% - 18%)
  • Aquários de água salobra - simula os ambientes intermediários quanto à salinidade, por exemplo lagunas e estuários. (concentração de sais < 0,5% - 5%)

Mas, mais detalhadamente, a aquariofilia distingue vários tipos de aquários segundo a finalidade:

  • Aquário comunitário - onde vivem peixes e plantas de diversas espécies, independente de seu lugar de origem. Obviamente se agrupam tendo em conta que as características ambientais que precisam são as mesmas.
  • Aquário de espécie individual ou específico - são aquários destinados à criação de uma determinada espécie de peixe. Este aquário requer um ambiente muito específico, adequado ao peixe. Diferencia-se do aquário de criação onde não há fins de seleção por raça ou comerciais.
  • Aquário de biótopo - onde estão reunidos peixes e plantas que pertencem a um mesmo hábitat, com o fim de recriar um determinado ambiente.
  • Aquário de reprodução - suas condições ambientais tratam de facilitar a reprodução de uma ou várias espécies de peixe.
  • Aquário de criação - destinado à criação de uma só espécie de peixe por motivos de seleção de raça ou com fins comerciais.
  • Aquário nature - trata-se também de um aquário plantado, seguindo a estética japonesa, relacionando-se com representações simbólicas de aspectos da natureza e procurando um equilíbrio orgânico entre os vários elementos. Este estilo foi fortemente impulsionado por Takashi Amano nos início dos anos 90.

Por último, atendendo à temperatura da água, podemos distinguir dois tipos de aquários:

  • No aquário de água fria a temperatura oscila entre 18°C e 22°C, aproximadamente. Durante os meses de inverno, uma resistência elétrica impede que a temperatura seja menor que 15°C. É utilizado, sobretudo, para espécies de peixes exóticos resistentes.
  • Num aquário tropical a concentração de sais na água é indiferente, podendo esta ser tanto doce como salgada ou salobra. A água é aquecida por um sistema de termoregulação. A temperatura deve estar entre 23°C e 28°C, aproximadamente, graças ao uso de resistências elétricas e de um regulador, o termostato.

Fonte: Wikipedia

Comentários



Warning: mysql_fetch_array(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/fishnet/public_html/body_end.php on line 19